Atenção. Todos nós queremos um pouco de atenção.

Quando crianças desenvolvemos um método simples e prático para chamar a atenção e conseguir o que queremos: chorar.

Depois a gente aprende a falar e se comunicar melhor, mas, claro, sempre em busca de atenção para as nossas ideias e opiniões.

Se você está lendo isso aqui, é porque também tem esta inquietude dentro de si e deseja que mais pessoas leiam o que você escreve. Nas próximas linhas vou te contar as estratégias que uso em meus posts e artigos e um pouco do que aprendi nos anos de trabalho como publicitário.

Você vai ver que conseguir a atenção de alguém, hoje em dia, com milhares de estímulos a nossa volta, com abas e janelas de vídeos engraçados ou fotos bonitas ali, à espreita, esperando pra pular na nossa cara, é uma missão cada vez mai difícil.

Mas a notícia boa é que é possível, sim, ganhar a atenção do seu leitor e fazê-lo deixar o Whindersson Nunes em segunda opção!

 

Se quer ser ouvido, fale, chore, apareça!

Já vi algumas pessoas reclamarem pra mim que seus posts não são lidos, que tem pouco engajamento. Porém, se contentam em apenas compartilhar ou escrever poucas frases, sem muita informação.

Então, o primeiro passo pra que alguém leia seus conteúdos, sejam posts ou artigos, é escrever de verdade. Apareça. Faça as pessoas verem suas ideias e o que você pensa! Pra que alguém leia o que você escreve, você, obviamente, tem que escrever algo!

Desenvolva suas ideias, traga insights, escreva mais que uma linha. Sim, isso é o básico. E tem gente que não faz! O óbvio também precisa ser dito!

 

Seja relevante, traga ideias, insights e agregue valor à vida das pessoas

Que tal agora a gente ir direto pra um exemplo prático?

Esta é uma postagem bem simples que fiz sobre os emojis que usamos cotidianamente. Eu poderia ter escrito de alguma forma mais simples, como:

Hoje em dia nossa comunicação é baseada em emojis… eles substituem as palavras… ninguém mais quer escrever, só usam emojis… etc etc

Algo mais simples, informativo, sem muita criatividade não teria dado um engajamento bom como esta postagem deu. O que fiz ali foi relacionar e trazer insights que associam os emojis com a nossa personalidade. E ainda convidei o leitor a compartilhar os seus últimos emojis, gerando engajamento e desenvolvendo mais a conversa.

É um assunto simples e banal. Talvez você nem ache que isso possa render uma postagem, mas pode! Tudo pode render um post, desde que você saiba tirar boas ideias e ensinamentos disso.

A topada que você dá na quina do móvel pode render um post sobre como alguns obstáculos estão à nossa volta, sem que a gente saiba e, quando menos esperamos, batemos o dedinho e vamos ao chão, contorcidos pela dor.

Me perdoa se esse exemplo ficou uma bosta, mas foi o primeiro que veio na minha cabeça e eu coloquei aqui justamente pra você ver que podemos tirar alguma ideia a partir de qualquer coisa que acontece em nossa vida.

 

Seja autêntico e escreva os textos que você gostaria de ler

Nossa Guilérme, eu emei seu texto. Queria escrever como você.

Então escreve, carai! Tu não sabe escrever, não? Se sabe, escreve! O que te impede? Vai perder o dedo? Tem alguma lei que te impede de escrever?

Escreva o que você tem vontade. Fale sobre o que você viveu. Mostre o que você pensa e sente! Esqueça as fórmulas mágicas e não fique bitolado a escrever só sobre aqueles assuntos que rendem cliques. Escreva aqueles textos que você gostaria de ler!

Não adianta falar sobre coisas que você não acredita. Seja você mesmo. Você pode até não fazer grande sucesso, mas, pelo menos, você vai conseguir seguidores que realmente gostam do que você diz, confiam e se inspiram em você e isso, esta qualidade nos seguidores, sempre será melhor que a quantidade.

 

Não seja chato, reclamão ou negativo

Se você quer ser um pé no saco, vá na rede social ao lado. Lá é o lugar dos textões e de criar discussões vazias e carregadas de ódio. Ao criar seus conteúdos, tenha em mente que o mundo já está estressado demais e todos estão com os ânimos à flor da pele. Criar textos polêmicos pode, sim, gerar um engajamento grande, porém isso não vai trazer nada positivo, nem pra quem lê, nem pra você.

Lembre-se que o Cidade Alerta faz mais sucesso que o Globo Ciência, mas a gente sabe qual deles traz um conteúdo melhor e realmente faz diferença na vida das pessoas, não é mesmo?

Postagens polêmicas geram aquele monte de gente se digladiando nos comentários, troca de ofensas, porém zero insights, ideias ou possibilidades para criar amizades e parcerias.

 

Escaneabilidade faz milagres

Aprenda algumas técnicas de escaneabilidade e não tenha preguiça de aplicar em seus textos. E eu falo isso com conhecimento de causa, pois muitas vezes tive preguiça de fazer e vi bons textos serem ignorados.

Ninguém mais tem todo o tempo disponível pra ler tudo com calma. Algumas pessoas fazem uma leitura rápida, buscando em subtítulos, imagens e destaques para saber do que se trata e se o assunto lhe interessa. Facilitar esta escaneabilidade garante que seus textos sejam lidos.

Ninguém tem paciência para aqueles blocões de texto. Portanto, use subtítulos, negritos, sublinhados em pontos-chave, além de colocar imagens e, claro, GIFs não podem faltar. Todo mundo ama GIFs, não é mesmo?

Dimitri Vieira é um dos caras que manja muito sobre produção de conteúdo aqui no Linkedin e ele fez um experimento em um de seus artigos, que eu gostaria de replicar aqui, agora. Aqui eu deveria dar um espaço e começar um novo parágrafo, mas vou continuar pra fazer um teste e mostrar como um texto “blocado” não chama a atenção. Se você continua lendo aqui, parabéns, você é um guerreiro. Deve gerar um desconforto esse texto sem quebra, sem destaques ou imagens, não é mesmo? Aliás, aposto que muita gente nem vai ler isso aqui. Alguns só leram os subtítulos, outros só passaram os olhos, alguns só leram o título, deram uma curtida e comentaram que é um texto sensacional, mesmo sem ter lido uma frase. Acontece! Mas, se você é um dos guerreiros que está lendo até aqui, quero que você apenas faça um comentário usando um emoji de coração. Pode ser só o emoji ou escrevendo algo, mas sem esquecer de acrescentar o emoji de coração. Esse é nosso código secreto! Vamos ver quantos realmente leram e se o fato de eu escrever um blocão como esse aqui fez algumas pessoas perderem a vontade de continuar lendo.

E falando em escaneabilidade, você pode encontrar diversos materiais que falam mais sobre isso e indicam várias técnicas ótimas. É só dar um Google. Lembre-se que a escaneabilidade não serve apenas para os artigos. Para os posts também! Ainda que não seja possível usar negritos e sublinhados, mas é possível utilizar espaços, letras maiúsculas e, claro, os queridos emojis! ❤❤❤

Por fim, se você quer aprender ainda mais, continue lendo e absorvendo conteúdo daqueles que você gosta e que tem coisas interessantes pra compartilhar.

Se você prestar atenção no que os outros escrevem, vai conseguir ter várias ideias para usar em seus conteúdos e, assim, fazer as pessoas prestarem atenção no que você escreve também.

 

—————

Este artigo também está lá no meu perfil do LinkedIn

Se quiser receber artigos como este por email, é só se cadastrar:http://eepurl.com/cqEXXv

Você também pode receber meus artigos semanais pelo whatsapp, é só se cadastrar neste link: http://cvtt.me/2p0LR9b (E pode relaxar, vou mandar uma vez por semana apenas, sem encher o seu saco!)

Ps.: Se você estiver acessando pelo computador, é necessário estar com o Whatsapp Web ativo. Ao clicar no link, você vai enviar uma mensagem automática pra mim, assim vou poder te adicionar na minha lista de contatos pra enviar meus conteúdos e, também, você poderá falar comigo normalmente. Nada robótico. Sou eu mesmo, conversando com você, crescendo junto com você! 

Aproveite e curta a minha página no Facebook: facebook.com/guisantospro

😘

 

—————

Guilherme Santos: Formado em Publicidade e Propaganda e pós-graduando em Mídias Sociais e Marketing Digital, atua na área de comunicação desde 2007.

É especialista em criação de conteúdo e marketing digital. Apaixonado pela escrita, trabalha como redator freelancer para diversos clientes em todo o Brasil. Faz parte do time de redatores da Contentools, escreve uma coluna semanal no Jornal de Laguna, além de públicar artigos em seu blog, LinkedIn e em portais parceiros que divulgam seus conteúdos.

Também vem ajudando pessoas e empresas a desenvolverem seus perfis no LinkedIn através de consultoria, gerenciamento de publicações, treinamentos e palestras.

 

—————

Gostou do texto? Curta, compartilhe e comente. Vamos trocar ideias!

Você vai gostar desses posts também

Gosto de ver os comentários. Escreve algo aí!