Já que hoje, data em que este texto é publicado, é dia dos namorados, nada melhor do que falar aqui sobre o amor. Esse sentimento tão lindo, gostoso, que nos enche de felicidade e faz nossa vida tão boa. Amar algo ou alguém é uma das melhores sensações que existe.

Mas, infelizmente, no mundo dos negócios nem sempre existe amor. Se aquele seu guru falou que você precisa buscar algo que ame e assim vai ser feliz, sinto em dizer, que pode não dar certo.

 

Nem todo mundo nasceu pra ganhar a Copa

Vamos usar um exemplo bem simples e banal. Quantas crianças neste Brasil não sonham em virar um “Neymar da vida” e lutar para conquistar a Copa do Mundo? E quantas conseguem?

A verdade é que, se todo mundo fizesse apenas o que ama, provavelmente muitos empregos deixariam de existir. Ninguém ia querer empregos “banais”.

No mundo real nós temos pessoas que tem sonhos, que tem vontade de fazer o que amam, mas que não conseguem, por N motivos. Como diria Joseph Climber: a vida, amigo, é uma caixinha de surpresas!

 

É só olhar para a grande maioria dos formados nas faculdades. Uma pesquisa dos psicólogos Edson Nunes e Márcia de Carvalho, da Universidade Cândido Mendes, de Santa Catarina, com base em dados do Censo 2000 do IBGE, mostrou que, por aqui, 53% dos jovens formados saem do curso sem conseguir trabalhar na área de seu interesse.

Outra pesquisa feita pelo Centro de Estudos sobre Mercado de Trabalho da Universidade de Northeastern, em Boston, apontou que 40% dos jovens egressos dos cursos de graduação nos EUA acabam empregados em cargos que nem exigem diploma.

 

Então o jeito é desistir?

Também não! Você deve, sim, trabalhar todos os dias para ser o capitão que vai levantar a taça de campeão mundial, se este for seu sonho. Mas precisa entender que, se você não conseguir, existe uma maneira de encontrar a felicidade, mesmo assim.

Srikumar Rao, em seu livro Happiness at Work: Be Resilient, Motivated and Successful – No Matter What, de 2010, inverte a lógica que os gurus proferem de que é essencial fazer aquilo que ama. Pra ele o importante é achar a paixão em você, e não no seu emprego.

 

Se não fizer o que ama, então ame o que faz

Esse texto não é pra dizer que não é importante tentar fazer o que ama, nem que não se deve botar todo o amor que for possível em seu trabalho. Não é isso.

Essas linhas aqui servem pra te acalmar e te dizer: se você não está fazendo o que ama, o que sonhou, tudo bem. Se você ainda não alcançou o sucesso que deseja, não se desespere. Tudo tem seu tempo.

O importante é ser feliz com o que você tem e aproveitar as oportunidades que a vida te dá hoje. Se você ficar focado apenas em buscar fazer aquilo que você ama, talvez acabe deixando passar diversas oportunidades de encontrar o amor em outra coisa.

Sabe quando a gente tá cego de amor por uma pessoa que não está nem aí pra gente e aquela que gosta de nós fica tentando conquistar e nós nem damos bola? Então! Não fique cego de amor. Permita-se conhecer novas oportunidades. Permita-se amar o que faz.

O verdadeiro segredo do sucesso é entender que nem sempre vamos fazer só o que gostamos. Faz parte do jogo os obstáculos, engolir sapos e pisar em ovos. A vida real não é um desenho da Peppa Pig. Tá mais pra Caverna do Dragão, onde a galera tá em um local desconhecido, tentando voltar para o lugar que amam e, no fim, nunca conseguem. Mas, pelo menos, no caminho vão se divertindo, aprendendo e amando tudo aquilo.

 

 

—————

Este artigo também está lá no meu perfil do LinkedIn

Se quiser receber artigos como este por email, é só se cadastrar:http://eepurl.com/cqEXXv

Você também pode receber meus artigos semanais pelo whatsapp, é só se cadastrar neste link: http://cvtt.me/2p0LR9b (E pode relaxar, vou mandar uma vez por semana apenas, sem encher o seu saco!)

Ps.: Se você estiver acessando pelo computador, é necessário estar com o Whatsapp Web ativo. Ao clicar no link, você vai enviar uma mensagem automática pra mim, assim vou poder te adicionar na minha lista de contatos pra enviar meus conteúdos e, também, você poderá falar comigo normalmente. Nada robótico. Sou eu mesmo, conversando com você, crescendo junto com você! 

Aproveite e curta a minha página no Facebook: facebook.com/guisantospro

😘

———

Guilherme Santos: Formado em Publicidade e Propaganda e pós-graduando em Mídias Sociais e Marketing Digital, atua na área de comunicação desde 2007 e escreve uma coluna semanal no Jornal de Laguna desde 2014. Fundou, juntamente com um sócio, em 2015 a startup Crush Design, especializada na criação e venda de móveis em formato digital. Também tem uma empresa de marketing e publicidade, que hoje se chama Gui Santos PRO, e é especializada em redação e criação de conteúdo. Também executa serviços de social media e design gráfico para diversos clientes.

Gostou do texto? Curta, compartilhe e comente. Vamos trocar ideias!

Você vai gostar desses posts também

4 thoughts to “Seu guru mentiu! Fazer o que ama não é a chave para o sucesso

  • Paty

    Hahahah, ri muito durante a leitura, Gui! As referências foram o máximo. Joseph Climber acho insuportável mas o pior é que ele tem razão. E ainda bem que a vida não é um desenho da Peppa Pig, porque de fofo e rosa aquilo lá não tem nada (sério, acho um desenho medonho). Caverna do Dragão é amor eterno, e me lembra que o negócio é não passar sozinho pelas tretas no caminho. Ótimo artigo! Compartilho dessa visão… só fazer o que gosta não serve mesmo. Se o olho não brilha, se aquilo não motiva, de nada serve. Tá faltando paixão no mundo dos negócios (e falo bem por mim). Continue inspirando. Abração!

    Responder
    • Guilherme Santos

      Ahhh que bom que gostou e que riu! Sempre tento dar uma pitada de bom humor pra deixar o texto mais leve.
      E, olha, concordo contigo em praticamente tudo. Peppa Pig é feio demais! Caverna do Dragão é bom demais!
      uhauhauhahuauh
      E muito obrigado pelo comentário. Um comentário lindo desses me mantém cada vez mais inspirado! Muitoooo obrigado!!!!

      Responder
  • Leonardo Camargo

    Texto muito bacana, compartilhei em meu LinkedIn.

    Acompanho seu trabalho, muito bom, parabéns

    Responder
    • Guilherme Santos

      Que legal, Leonardo!! Que bom que gostou e agradeço muito por ter compartilhado! Espero que já esteja me seguindo por lá também!
      😀
      Abração!!

      Responder

Gosto de ver os comentários. Escreve algo aí!