É difícil imaginar que uma rede social possa mudar a vida de uma pessoa, a não ser que seja a dos próprios criadores (Markinho que o diga!).

Mas o LinkedIn mudou a minha vida e de um monte de gente. E pode mudar a sua também!Obviamente, não te fará um milionário da noite para o dia, mas talvez te abra as portas e facilite o caminho para que isso aconteça.

Vou te contar um pouco da minha história, mostrar o que eu consegui nesta famigerada rede social e, quem sabe, te inspirar a fazer o mesmo.

 

Eu comecei como você (provavelmente). Achei que LinkedIn servia só como currículo.

Aqui começa aquele clichê de 99% dos usuários de LinkedIn: Eu usava isso aqui apenas como um lugar para manter meu currículo atualizado. Desconhecia o poder dessa rede social de criar laços, fazer contatos e compartilhar conhecimento.

Certo dia tive um papo com o Matheus de Souza, meu sócio na Startup que tínhamos, a CRUSH Design. Ele falava sobre os resultados incríveis que estava tendo nesta rede. Já tinha vários artigos com milhares de visualizações e um mailing enorme, com gente querendo receber seus conteúdos toda semana.

Era início de 2016. Matheus já estava despontando como um Top Voice. Eu ainda tentando encontrar meu espaço, divido entre a Crush Design, um trabalho como corretor de imóveis e mais alguns freelas como social media e designer gráfico.

Se um recrutador fizesse uma daquelas perguntas comuns em entrevista de emprego, com qual animal eu me acharia parecido, eu responderia:

Sou como um pato! Eu ando, nado, voo, mas não faço nada disso direito!

 

Minha vida em dois momentos: quando perdi e quando reencontrei o foco

Eu entrei na faculdade de Publicidade e Propaganda, em 2008, com o objetivo claro de criar conteúdo. Na primeira semana de aula, visitamos uma agência da cidade, conceituada na região. Virei pro meu amigo e falei: Eu vou trabalhar aqui! Em 2010 eu entrava nesta agência como redator júnior. Eu estava onde queria. Mas, como diria Joseph Climber: a vida é uma caixinha de surpresas.

Depois de um ano de agência, eu queria mais do que ser apenas um estagiário. Eu sabia que podia mais. Mas não consegui. Então, larguei tudo pra me aventurar no marketing digital, auxiliando na loja virtual de um contato profissional anterior, Matheus Monteiro Machado. Ele que viria, anos depois, me convidar pra fazer parte da CRUSH Design (mas esses capítulos cheios de idas e vindas eu prometo contar em uma futura oportunidade).

Depois que saí da agência, comecei a perder o foco. Mesmo que eu continuasse escrevendo no meu blog e tentando criar algumas coisas novas, profissionalmente eu já não estava mais tão próximo do que eu gostaria de fazer. Cheguei até a criar um canal no Youtube, onde fazia versões em inglês de músicas brasileiras. Um dos vídeos teve mais de 50 mil visualizações, o que prova que o que é ruim também pode fazer sucesso.

Obviamente, os canais que tentei criar não deram certo, por inúmeros motivos.

Comecei, então, a trabalhar com o marketing digital (área que amo, sem dúvidas), mas fazendo criação gráfica, web design. O que aparecia, eu fazia. Estava sem nenhum foco.

Até que, em determinado momento, eu resolvi tocar o foda-se, pedir demissão e trabalhar em casa, fazendo o que gosto, como contei em mais detalhes nesse artigo aqui. Aí sim comecei a reencontrar o foco e tudo voltou aos eixos.

 

Encontrei meu foco (e clientes) produzindo conteúdo no Linkedin

Depois de largar o emprego de corretor de imóveis, resolvi seguir na minha área, agora trabalhando para mim, em casa. Comecei a trabalhar com marketing digital, focando principalmente na produção de conteúdo.

Influenciado pela trajetória do Matheus de Souza, criei uma marca pessoal, fiz um novo site, comecei a escrever periodicamente e investi na criação de uma rede de contatos daqueles que se interessavam pelo que eu escrevia. Tenho uma lista de email, uma página no Facebook e uma lista de transmissão no Whatsapp. Tudo trabalhando integrado com o objetivo de divulgar meus textos e mostrar para o mundo o que eu sei fazer de melhor: criar conteúdo relevante e inspirador.

Com a máquina funcionando, foi questão de tempo até surgirem os primeiros clientes em redação. Entrei na plataforma da Contentools, como integrante do time de redatores, e por lá surgiram convites pra escrever para empresas de coaching, SaaS, imóveis, marketing digital, empreendedorismo, RH e até para uma escola de aviação!

Depois vieram mais clientes através de indicações, do meu site e, claro, diretamente através do LinkedIn, por conta das minhas publicações e artigos. Hoje tenho clientes fixos para os quais faço gerenciamento de redes sociais e outros para os quais escrevo blogposts, e-books e outros materiais.

Como o LinkedIn continuará mudando minha vida

Mesmo com os trabalhos em criação de conteúdo e marketing digital bombando, ainda pretendo utilizar toda a força desta rede social para crescer muito mais. Ela continuará sendo parte importante das minhas estratégias de negócio e da minha vida.

Ao fim da minha pós-graduação, o artigo a ser entregue, sem dúvidas terá como tema o LinkedIn. Também pretendo continuar ajudando pessoas a aproveitarem o máximo que esta plataforma tem a oferecer.

E, além disso, estou montando, juntamente com meu amigo e comunicador da Atlântida Criciúma, Celo Menezes, um curso rápido e grátis (porém limitado) sobre “Como usar o mundo digital para ganhar dinheiro no mundo real, onde vamos falar sobre Instagram e LinkedIn para o mundo dos negócios. Sem dúvidas, essa é só a primeira de muitas iniciativas para mostrar para o mundo tudo que eu consegui com essa rede e…

 

Como você pode usar o LinkedIn pra mudar a sua vida

Essa foi (e está sendo) minha história com esta plataforma. Consegui muitas coisas importantes e estou trilhando o caminho para conseguir ainda mais. Mas como você pode tirar proveito para a sua carreira e vida?

Sinto em te decepcionar, mas não tem fórmula mágica e cada caso é um caso. O que funcionou pra mim, pode não funcionar pra você. Porém, algumas coisas são básicas e essenciais pra você que deseja usar essa rede para gerar negócios.

Primeiro, você precisa deixar seu perfil completasso! Isso o Matheus de Souza ensina muito bem no curso que ele criou e que sugiro muito que você veja agora!

Depois você precisa manter uma constância nas postagens. Não adianta entrar uma vez na semana e querer obter resultados mágicos. Você precisa entrar todos os dias e contribuir com o crescimento da rede. Poste coisas interessantes, que agregam nas carreiras e vidas das outras pessoas. Também faça comentários edificantes e evite ficar só reclamando ou xingando.

Invista também na criação de artigos. E não venha me dizer que você não tem nada a dizer. Todos nós temos algo a dizer ou podemos ensinar algo. Também não venha com a desculpa de que não sabe escrever. E se não sabe, champs, aprende, oras! A internet tá aí pra ajudar a gente a fazer tudo! Aliás, fica a dica de mais um artigo meu. Nesse eu dou 4 dicas pra você aprender a escrever sobre qualquer coisa!

Sugiro também que siga algumas pessoas que cresceram com a ajuda do LinkedIn: Murilo Leal, Rodrigo GarçoneAndre SantosDimitri VieiraEberson TerraLaíze Damasceno e Aníbia Machado, isso só pra citar alguns e não deixar a lista muito longa. Aprenda com essas pessoas. Sugue todos os ensinamentos que eles compartilharem!

Existem ainda vários outros macetes e técnicas pra fazer o LinkedIn trabalhar pra você, gerando negócios e, principalmente, criando conexões verdadeiras e edificantes. Mas isso é assunto pra mais um longo artigo e para o curso grátis que vou lançar. Se for do seu interesse, se inscreve lá. E também tire suas dúvidas ou deixe sugestões nos comentários ou por mensagem em um dos meus canais de comunicação.

Meu objetivo é poder te ajudar a mudar de vida, assim como eu mudei a minha.

Aí um dia você escreve um artigo sobre como o LinkedIn mudou sua vida e me marca, tá?

 

—————

Este artigo também está lá no meu perfil do LinkedIn

Se quiser receber artigos como este por email, é só se cadastrar:http://eepurl.com/cqEXXv

Você também pode receber meus artigos semanais pelo whatsapp, é só se cadastrar neste link: http://cvtt.me/2p0LR9b (E pode relaxar, vou mandar uma vez por semana apenas, sem encher o seu saco!)

Ps.: Se você estiver acessando pelo computador, é necessário estar com o Whatsapp Web ativo. Ao clicar no link, você vai enviar uma mensagem automática pra mim, assim vou poder te adicionar na minha lista de contatos pra enviar meus conteúdos e, também, você poderá falar comigo normalmente. Nada robótico. Sou eu mesmo, conversando com você, crescendo junto com você! 

Aproveite e curta a minha página no Facebook: facebook.com/guisantospro

😘

 

—————

Guilherme Santos: Formado em Publicidade e Propaganda e pós-graduando em Mídias Sociais e Marketing Digital, atua na área de comunicação desde 2007.

É especialista em criação de conteúdo e marketing digital. Apaixonado pela escrita, trabalha como redator freelancer para diversos clientes em todo o Brasil. Faz parte do time de redatores da Contentools, escreve uma coluna semanal no Jornal de Laguna, além de públicar artigos em seu blog, LinkedIn e em portais parceiros que divulgam seus conteúdos.

Também vem ajudando pessoas e empresas a desenvolverem seus perfis no LinkedIn através de consultoria, gerenciamento de publicações, treinamentos e palestras.

 

—————

Gostou do texto? Curta, compartilhe e comente. Vamos trocar ideias!

Você vai gostar desses artigos também

Gosto de ver os comentários. Escreve algo aí!